Como Abrir e Legalizar uma Empresa

Por que legalizar uma empresa?

como-abrir-uma-empresaMuitas pessoas tem sérias dúvidas na hora de abrir uma empresa, grande parte das empresas começa na informalidade, sem qualquer registro, às vezes numa garagem ou num quarto por exemplo, e algumas tem sucesso, e acabam se tornando inicialmente microempresas.

empreendedor-individualUma das maiores dúvidas dos empresários é no que diz respeito à legalização de empresas, quando e como legalizar uma empresa, a grande questão é se a sua empresa já tem o tamanho suficiente para conseguir gerar bons lucros e ainda assim sobreviver saudável frente aos impostos, hoje com a modalidade de microempreendedor individual, as taxas para se gerir um negócio são mínimas, e o EI
surgiu justamente para diminuir a informalidade, facilitando por exemplo o crédito bancário ao empreendedor, porém, há de se citar que os seu faturamento bruto anual deve ser de no máximo R$ 60 mil para poder se tornar um EI.

O que são startups?

Hoje muito se fala das startups, mas afinal de contas, o que significa startup? Uma startup é uma empresa em fase embrionária, e por regra para ser caracterizada como startup essa empresa deve apresentar um modelo de negócio inovador, se tiver sucesso e for viabilizada, ela deixará de ser uma startup e se tornará uma empresa. Em países como os Estados Unidos as startups recebem um grande número de incentivos fiscais, já no Brasil, a questão tributária para startups está apenas engatinhando, porém, esse tipo de empresa já é considerada no Brasil, mudança que ocorreu apenas nos últimos anos no governo Dilma.

A má gerência da administração financeira

Infelizmente a única coisa que possui números grandes no Brasil com relação a startups e pequenas empresas é o número de falências, a maioria das empresas não chega a completar 2 anos de existência, devido em grande parte a falta de incentivo fiscal, a volatilidade da economia brasileira, principalmente frente ao dólar, e a má gerência da administração financeira, a maioria das empresas não dispõem de profissionais com conhecimento nem ao menos de como fazer um fluxo de caixa no excel, a administração financeira ainda é um conceito extraterrestre para as pequenas e microempresas brasileiras, e além de não saber conceitos simples de administração, como gerir o capital de giro, e outras ferramentas para uma melhor organização financeira, o empresário muita das vezes comete o erro de misturar o seu dinheiro com o da empresa, oque é um mal sem precedentes, sendo o início da má gerência financeira.

Como podemos ajuda-lo?

A Aceinfo dispõe de uma equipe de contadores, economistas e administradores, totalmente direcionados ao pequeno e microempreendedor, além de trabalharmos com empréstimos a juros baixos, e sem toda a burocracia verificada nos bancos, o crédito é rápido e com facilidades no pagamento, em até 24h úteis o dinheiro é transferido para a conta bancária do cliente.

Fale com um de nossos gerentes!

Como Aprender a Investir da Forma Correta

Como começar a investir?

investidor-de-sucessoSe você é um investidor iniciante, e não tem a mínima ideia de quais são atualmente os melhores investimentos, quais você deve correr, e também como fazer esses investimentos, esse artigo irá clarear sua mente.

Em primeiro lugar, recomendamos sempre bons cursos antes de seguir em qualquer investimento, investir em educação financeira traz retornos sólidos.

Passo 1: Auto-análise

A primeira coisa a se fazer é analisar qual o seu perfil de investimento, responder questões básicas sobre o seu histórico financeiro, tentar descobrir tendências que devem ser estimuladas e outras que são nocivas a um investidor de sucesso, depois de compilar uma lista de perguntas e respondê-las, é bom ter a opinião de terceiros, apenas pessoas com conhecimento prévio em investimentos e que lhe conheçam a ponto de tentar traçar seu perfil de investidor, porém, não fique preso à análise dessas pessoas, esse passo é apenas para situá-lo a respeito do que as outras pessoas pensam ser o seu forte no tocante a investimentos, quanto mais opiniões diferentes e de qualidade tiver, mais fidedigno será o seu retrato como investidor.

Passo 2: Pesquisa de mercado

Depois de conhecer os investimentos mais adequados para seu perfil, é hora de pesquisar o mercado, para saber quais desses investimentos estão em alta e quais estão desvalorizados ou com baixas expectativas de crescimento para o futuro.

Passo 3: Desenvolvimento da educação financeira

bolsa-de-valoresSelecionados os bons investimentos, agora deve-se aprender mais acerca de cada um deles, oque significa que você deve comprar um livro especializado, seguir autores e sites de renome, e talvez até fazer um curso mostrando em detalhes como se virar com aquele tipo de investimento.

Para aprender a como investir na bolsa, acesse o link a seguir:

http://www.bmfbovespa.com.br/como-investir-na-bolsa.aspx?idioma=pt-br

Passo 4: Hora da ação

Após ter conhecimentos básicos acerca dos investimentos em questão, é hora de coloca-los em prática, deve se ter em mente que apenas se denomina um tipo de investimento errando e aprendendo na hora de investir, livros e cursos obviamente podem lhe ajudar muito, mas os pequenos detalhes que fazem a diferença entre os investidores de sucesso e os que fracassam são apenas aprendidos com o tempo e a prática.

Aeromodelismo Hobbie Contagiante

O aeromodelismo vem nos últimos anos conquista o coração de fãs, quem entra nesse hobbie se apaixona e nunca mais o abandona, hoje existem aeromodelos em escala 1:4 com uma exatidão de detalhes imensas, modelos de aeronaves utilizadas na primeira e segunda guerra mundial são recriadas com uma perfeição incrível, e o mais importante, tentam imitar até as características de vôo desses aviões.

Para comprar um aeromodelo basta se informar sobre quais são as melhores lojas de aeromodelos, hoje o Brasil oferece algumas lojas que importam aeromodelos e os revendem a preços aceitáveis, porém, caso você queira fazer realmente uma boa compra, a melhor opção continua ser importar os aeromodelos em lojas especializadas de hobbies, as opções de tipos e modelos são enormemente maiores, além do que os preços, mesmo com frete e possível tributos, são bem menores do que se comprar no Brasil.

Para quem quer realmente levar o aeromodelismo a sério, deve procurar o melhor curso de aeromodelismo disponível no mercado, um que englobe teoria e prática, e economize muitas horas que seria dispendidas com um instrutor, salienta-se que o papel do instrutor ainda é fundamental, e esse profissional deve ser contratado mesmo que se faça um curso de aeromodelismo, no final das contas contratando um instrutor economiza-se dinheiro, pois perde-se menos com gastos com manutenção, conserto e quebra de aeromodelos.

O helimodelismo é outro hobbie que vem seguindo de perto o aeromodelismo, um dos maiores entraves para a firmação do helimodelismo no Brasil são os altos custos dos helimodelos, muito superior ao dos aeromodelos, oque acaba dificultando em sua popularização, além do que seu controle exige maior precisão e acaba assustando e afastando os iniciantes. Para saber mais sobre helimodelismo, acesse o link: http://aeromodelismonapratica.com/helimodelismo/